Tecle ENTER para pesquisar ou ESC para sair

NOTÍCIAS

10 de junho de 2022

Novo ambiente de inovação é inaugurado no SENAI CIMATEC

CIMATEC Inovação Tecnologia

CIMATEC Startups Conecta Summit contou com a presença de ícones da tecnologia do Brasil

Ícones da tecnologia e inovação participaram do Habitat CIMATEC Startups Foto: SENAI CIMATEC/Divulgação

Por SENAI CIMATEC

Com auditório lotado, o SENAI CIMATEC recebeu nesta quinta-feira, 9.06, alguns dos maiores ícones das áreas de tecnologia e inovação do país durante o CIMATEC Startups Conecta Summit. O evento marcou a inauguração do Habitat CIMATEC Startups, novo ambiente colaborativo de inovação da instituição.

O gerente executivo de MPME e Empreendedorismo do SENAI CIMATEC, Flávio Marinho, deu as boas-vindas aos participantes e explicou o conceito do novo Habitat. “O ponto fundamental do novo Habitat é trazer diferentes atores – como startups, corporações, investidores, talentos, mentores, órgãos públicos – para promover a inovação de uma maneira muito diferenciada. À medida que a gente consiga se articular, se conhecer e compartilhar informações do conhecimento, nossa capacidade de alavancar a inovação vai ser muito grande”. 

Um bom exemplo de como essa interação vai acontecer foi demonstrado durante o Conecta Summit, que reuniu representantes de cinco grandes empresas para falar sobre “Oportunidades de Conexão com o Futuro”, além de universidades, estudantes, startups e pesquisadores, num ambiente aberto de colaboração.

Da Califórnia, o gerente de relacionamento com desenvolvedores da Nvidia, Jomar Silva, abriu o painel. Ele apresentou o atual projeto da empresa, de construir uma ferramenta capaz de digitalizar a Terra e mapear os impactos das mudanças climáticas, e falou sobre como a Inteligência Artificial deve ser aplicada para promover soluções de grandes desafios na produção industrial e na sociedade.  A Nvidia integra o ecossistema do Habitat CIMATEC.

“Temos um orgulho enorme da parceria com o SENAI CIMATEC. As empresas que estiverem dentro desse ecossistema do Habitat, incubadas ou aceleradas, e que trabalharem com inteligência artificial, vão ser recebidas de braços abertos e vão contar com toda nossa expertise e com todos os recursos de tecnologia que a gente tem, para ajudá-los a desenvolver soluções que cada vez impactem mais na indústria, nas empresas e na sociedade aqui no Brasil”.

Do Nubank, participaram Matt Swann, CTO Global da empresa e Renan Capaverde, diretor sênior de Engenharia. O Nubank, fintech unicórnio brasileira, presente também no México e na Colômbia, tem um hub de tecnologia em Salvador e está desenvolvendo parcerias com o SENAI CIMATEC.

ATRAÇÃO DE TALENTOS

Matt Swann destacou a importância do novo Habitat para a integração de novos talentos. “Iniciativas como o hub de startups do CIMATEC são cruciais para o ecossistema local. Quando você pensa num hub de startups, você atrai jovens talentos, pessoas com grandes ideias. E quanto mais as pessoas se unem, mais sucesso haverá.  Esse sucesso constrói uma comunidade de talentos e produtos que mudam o ecossistema de tecnologia, mudam a vida dos clientes e mudam a Bahia”, disse Swann.

Para o diretor sênior de Engenharia do Nubank, Renan Capaverde, as startups precisam de um ecossistema robusto para conseguir desenvolver resultados de impacto. “As startups nascem com a ideia de resolver um problema do presente com uma solução do futuro. E é muito importante que exista um ecossistema, uma área de suporte, lugares onde se possa ter apoio e inovação. O Nubank acredita muito nesse futuro que o CIMATEC está criando através de parcerias e ecossistemas”.

Gustavo Schiavotelo, engenheiro-chefe de Software e Eletrônica Veicular da Ford, falou da importância das parcerias para o enfrentamento dos desafios pelas startups. “As startups têm muito desafios e um papel fundamental porque elas são empresas que estão surgindo agora, usando o melhor da tecnologia, com ideias super inovadoras, resolvendo problemas reais, e quando elas se juntam e fazem parceria com grandes empresas, as soluções que podem sair são inimagináveis. Então, a gente dá grandes saltos em soluções em tecnologia através das startups”.

Participaram ainda do debate, Paula Puzzi, gerente de Inovação e Sustentabilidade da Suzano Papel e Celulose, Gleverson Lemos, head de Indústria 4.0 da Embraer, e Paulo Rogério Nunes, co-fundador da Vale do Dendê e da AFAR Ventures.

Notícias relacionadas

EN PT