Tecle ENTER para pesquisar ou ESC para sair

NOTÍCIAS

16 de março de 2022

Presidente Jair Bolsonaro visita o SENAI CIMATEC

CIMATEC CNI FIEB
Presidente e comitiva visitam Laboratório Fábrica Modelo – Indústria 4.0 do SENAI Cimatec Fotos: Valter Pontes/Coperphoto/Sistema FIEB

Acompanhado de cinco ministros, o presidente Jair Bolsonaro visitou nesta quarta-feira, 16.3, em Salvador, o SENAI Cimatec, unidade do sistema indústria que reúne um centro acadêmico e de tecnologia voltado para o desenvolvimento industrial. Ele foi recebido pelo presidente da Federação das Indústrias do Estado da Bahia, Ricardo Alban, e pelo presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Robson Andrade.

O presidente Jair Bolsonaro desembarcou em Salvador no final da manhã e seguiu diretamente para o SENAI Cimatec, onde participou de um almoço com empresários da indústria. Antes, ele percorreu as instalações do centro tecnológico e visitou quatro laboratórios do Senai Cimatec.

Na visita ao SENAI Cimatec ele conheceu a Fábrica Modelo – Indústria 4.0, o Centro de Supercomputação, o Instituto SENAI de Inovação em Saúde – que está desenvolvendo vacina contra a Covid-19 em parceria com o laboratório HDT Bio Corp (EUA) e RedeVírus MCTI, -, e o Laboratório de Estruturas Aeronáuticas.

Em seu discurso, o presidente destacou a importância de se investir em ciência e novas tecnologias e destacou o potencial do Brasil de se tornar uma grande potência. “Quem não investe em tecnologia está fadado a voltar para a idade da pedra”, destacou Jair Bolsonaro.

Jair Bolsonaro discursou e falou da importância de se investir em ciência e tecnologia

Participaram da comitiva do presidente os ministros João Roma (Cidadania), Marcelo Queiroga (Saúde), Luis Eduardo Ramos (Secretaria da Presidência), Marcos Pontes (Ciência e Tecnologia) e Gilson Machado (Turismo). Além de deputados, participaram da solenidade os presidentes das federações do Comércio, Carlos Andrade, e da Agricultura, Humberto Miranda.

O presidente da FIEB, Ricardo Alban, fez um discurso de saudação em que agradeceu a presença da comitiva presidencial e falou da importância de se desenvolver a indústria. “Precisamos de uma indústria nova e precisamos seguir um exemplo de sucesso do agronegócio”, frisou.

Alban, dirigindo-se ao ministro Marcos Pontes, disse estar aceito o desafio para transformar o SENAI Cimatec em um centro de tecnologia da economia circular. Alban ressaltou que o SENAI Cimatec é um elo do SENAI Nacional que vai fazer a diferença para a nova indústria que queremos ter num futuro muito próximo e destacou: “Nós não temos tempo a perder”.

Ao final da sua fala, Ricardo Alban lembrou ao presidente Bolsonaro alguns pleitos da indústria, em especial, a revisão da revogação do Regime Especial da Indústria Química (REIQ) e políticas de incentivo para a indústria do sisal e as pequenas e microempresas.

ECOSSISTEMA DE INOVAÇÃO

Os discursos foram precedidos de uma apresentação do diretor de Tecnologia e Inovação do Senai Cimatec, Leone Andrade, que detalhou o ecossistema de inovação da instituição que, além do Centro Tecnológico e do Centro Universitário inclui também o Cimatec Park, estrutura avançada localizada em Camaçari destinada ao desenvolvimento de pesquisa, tecnologias e inovação para a indústria, sendo reconhecido como uma das melhores Instituições de Ciência e Tecnologia (ICTs) do país.  .

Durante a visita, o presidente Jair Bolsonaro e o presidente do Banco do Nordeste do Brasil, José Gomes Sá Costa, assinaram de contrato de liberação de financiamento no valor de R$ 536 milhões para obras de reforma e ampliação do porto de Aratu, na Bahia. As obras devem gerar cerca de 450 vagas formais de trabalho e serão tocadas pela CS Porto Aratu, empresa do Grupo Simpar.

O presidente Bolsonaro, ao lado do ministro Marcos Pontes, conheceu o Laboratório de Estruturas Aeronáuticas

Notícias relacionadas

EN PT