Tecle ENTER para pesquisar ou ESC para sair

NOTÍCIAS

26 de maio de 2022

Encontro debate cenário e soluções para o setor têxtil

FIEB Sindicatos
O Café Empresarial foi realizado na sede da FIEB, em Salvador. Foto: Divulgação.

As perspectivas para o setor têxtil na Bahia foram discutidas no Café Empresarial, encontro promovido pelo Sindicato da Indústria de Fiação e Tecelagem no Estado da Bahia (Sindifite), que reuniu representantes de empesas associadas na última terça-feira (24.05). O atual cenário do setor, os desafios e a necessidade de um alinhamento para busca de soluções conjuntas foram alguns dos temas debatidos.

“Precisamos de mais momentos como este e que as empresas estejam mais próximas. Se não nos unirmos e não fortalecermos a nossa entidade de representação, seremos cada vez menos competitivos, sobretudo na atual realidade, em que estamos sendo afetados pelos produtos importados”, pontuou o empresário João Augusto, da Kordsa Brasil.

Já o empresário Carlos Mota, da Cata Nordeste, destacou a importância econômica e social do setor. “A indústria têxtil é o segmento que tem a maior geração de emprego e renda, com o menor nível de investimento. Por isso, devemos buscar políticas específicas de fortalecimento do setor”, destacou.

O sindicato, que comemora 75 anos de fundação este ano, vai elaborar um planejamento estratégico, com ações prioritárias que serão identificadas a partir de um diagnóstico elaborado com a participação das empresas do setor. “É fundamental que as associadas se envolvam nesta construção, sinalizando suas dores e oportunidades para buscarmos soluções comuns”, ressaltou o presidente do Sindifite, Antônio Martins.

Presente à abertura do evento, que ocorreu na sede da FIEB, o diretor superintendente do Sebrae-BA, Jorge Khoury, destacou a importância da aproximação das indústrias têxteis junto à instituição. “É importante que o Sindifite se aproxime ainda mais do Sebrae para conhecer melhor nossos produtos e como podemos apoiar este segmento, que faz parte de uma cadeia importantíssima para as micro e pequenas empresas”, disse.

Durante o encontro, que contou com participações virtuais, a pesquisadora do Instituto de Inovação em Biossintéticos e Fibras do SENAI Cetiqt (Rio de Janeiro), Fernanda Cardoso, apresentou uma palestra sobre a Valorização dos Resíduos Têxteis. Os empresários também tiveram a oportunidade de conhecer as soluções oferecidas pelo SESI para as empresas e o projeto Fábrica Enxuta, do SENAI Cimatec.

Notícias relacionadas

EN PT