A+ A-

Notícias

sexta-feira, 13 de agosto de 2021

SENAI CIMATEC vai liderar rede nacional de pesquisa em Inteligência Artificial

Instituição baiana coordenará estudos em rede com outros cinco centros de pesquisa na área de Inteligência Artificial aplicada à Indústria.

Reconhecido por sua atuação com foco na indústria, o SENAI CIMATEC venceu uma chamada pública realizada pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP), Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) e Comitê Gestor da Internet no Brasil CGI.BR, e irá coordenar uma rede nacional de IA com foco na Indústria.

A divulgação dos seis centros aprovados foi realizada em evento on-line organizado pelo MCTI. “Temos sonhado com a inteligência artificial no país e não podemos perder o trem da história. Confio na ciência e nos nossos pesquisadores para criar soluções”, disse o ministro Marcos Pontes.

Com o resultado, o CIMATEC e os parceiros do projeto, também serão responsáveis, futuramente, pela implementação de uma plataforma digital aberta de ciência de dados e inteligência artificial para a Indústria 4.0.

Atualmente, o Centro de Referência em IA do CIMATEC tem, em desenvolvimento, estudos em diversas áreas de IA, entre as quais Visão Computacional (processamento de imagens do mundo real por computador), Machine Learning (Aprendizagem de Máquina), Deep Learning (Aprendizagem Profunda de Máquina), Processamento de Linguagem Natural,Predição de Séries Temporais, dentre outras.

“Muitas pessoas acham que a IA ainda é uma ciência de um futuro distante, mas muitas das tecnologias desenvolvidas já estão presentes no nosso cotidiano, como sistemas de reconhecimento facial, robôs de atendimento ao consumidor, e até estudos sobre ondas de infecção da Covid”, explica o gerente do Centro de Supercomputação do SENAI CIMATEC, Adhvan Furtado.

O CPA-IA coordenado pelo SENAI CIMATEC atua em parceria com os Institutos SENAI de Inovação (ISI) em Metalmecânica (RS), em Sistemas Embarcados (SC), de Sistemas de Manufatura e Processamento a Laser (SC), em Sistemas Virtuais de Produção (RJ), o Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação da Universidade de São Paulo (ICMC-USP), Instituto Politécnico da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (IPRJ/UERJ), Instituto Federal da Bahia (IFBA), Universidade Federal da Bahia (UFBA) e Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA-SP).

Cada centro receberá R$ 1 milhão de investimento por ano da FAPESP, MCTI e CGI.BR, por um período de até 10 anos. Empresas parceiras também disponibilizarão o mesmo valor, o que totaliza R$ 20 milhões por Centro. Além desse capital, O CPA-IA do SENAI CIMATEC contará com a parceria da HP Inc., Intel Corporation, Macnica DHW e Atos Bull, empresas mundialmente reconhecidas pelo desenvolvimento científico e tecnológico.