A+ A-

Notícias

segunda-feira, 19 de julho de 2021

Encontro online debate desafios da Indústria plástica

Intercâmbio Setorial da Indústria Plástica reuniu lideranças de todo o país. Expectativa dos empresários é positiva para os próximos meses. 

 

Lideranças sindicais do setor da Indústria Plástica de todo o país participaram, no dia 15.07, do Intercâmbio Virtual de Lideranças Setoriais da Indústria, uma iniciativa da Confederação Nacional da Indústria (CNI), em pareceria com as Federações e com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) 

 

presidente da Associação Brasileira da Indústria do Plástico (ABIPLAST), José Ricardo Roriz Coelho, falou sobre o cenário do setor plástico e as perspectivas para 2021. Segundo Roriz, a expectativa para os próximos meses é de otimismo. “Embora ainda haja uma preocupação com desabastecimento por conta do custo da matéria-prima, retração do mercado e diminuição da renda, a expectativa por parte do empresariado é de melhoria da produção e das vendas”, disse. 

 

O presidente do Sindicato das Indústrias Plásticas de Feira de Santana e Região (SINDIPLASF), Luiz da Costa Neto, participou do encontro e elogiou mais uma edição da iniciativa. “É importante mantermos esta rede para troca de informações setoriais e conhecermos ações de outros sindicatos do país”, pontuou 

 

Ele também destacou a importância de umdas temáticas apresentadas, sobre economia circular, com foco na reutilização dos resíduos como insumos para produção de novos produtos. “A questão ambiental precisa ser incluída na grade curricular das escolas”, disse. 

 

As lideranças sindicais participantes do encontro também foram apresentadas ao Núcleo de Acesso ao Crédito (NAC), iniciativa liderada pela CNI e Federações de Indústrias; e ao Programa Brasil Mais, do governo federal, executado pelo Sebrae e Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI). 

 

Novidade este ano em todos os Intercâmbios, a programação incluiu um bate-papo sobre aperfeiçoamento da gestão sindical, com a participação do especialista na área, Alberto Gaspar. Este momento também abre espaço para troca de experiências e apresentação de boas práticas de sindicatos do país.  

 

Durante todo o ano serão realizados 14 encontros de diferentes Redes Setoriais. O próximo será o da Indústria Têxtil e Vestuário, que acontece no dia 29 de julho. Os encontros têm como foco a discussão do setor, além de fomentar a troca de experiências de gestão entre dirigentes de sindicatos e estimular a atuação conjunta.