A+ A-

Notícias

terça-feira, 20 de outubro de 2020

Estudantes elogiam Lintec, grupo de pesquisa da Rede SESI

Com três anos de existência, o Grupo de Pesquisa em Linguagens e Tecnologia (Lintec) tem incentivado os estudantes da Escola Anísio Teixeira em Vitória de Conquista, do ensino médio, a se envolver com a pesquisa. Alguns dos jovens, orientados pelo professor Vilmar Rocha, já estão publicando artigos antes mesmo de os trabalhos de campo serem concluídos.

Da esquerda para a direita: Maria Eduarda, Vilmar Rocha (orientador), Thamires Ramires e Lucas Pessoa. Foto: Arquivo Pessoal

Aluna do terceiro ano, Maria Eduarda Cardoso tem como projeto de pesquisa a plataforma Eduquito e sua aplicação com as pessoas com deficiências atendidas pela Apae. “Nele, eu procuro ressignificar a questão do ensino e aprendizagem, propondo a inserção de um método para inserir o indivíduo com deficiência nessa sociedade atual”, diz Duda.

Para discorrer sobre seu projeto, que foi aprovado pelo Comitê de Ética na Pesquisa (CEP/CONEP), através da Plataforma Brasil, bem como pelo Comitê de Ética da Escola (CEE)., Maria Eduarda recorreu à Eduquito, uma plataforma virtual desenvolvida pelo Núcleo de Informática na Educação Especial (NIEE) da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFGRS). 

A pesquisa de Maria Eduarda foi aceita para publicação nos anais do I Seminário de Linguagens do IFbaiano (Selif), que aconteceu no último dia 9 de setembro. “Essas tecnologias acrescentarão muito ao desenvolvimento intelectual das pessoas com deficiência”, analisa Maria Eduarda. 

Lucas Pessoa, aluno do segundo ano da Escola Sesi Anísio Teixeira, também teve sua pesquisa incluída nos anais do Selif. Ele está desenvolvendo um trabalho de incentivo à leitura de dois livros de Machado de Assis: Dom Casmurro e Memórias Póstumas de Brás Cubas. 

Lucas, que ingressou no Lintec no ano passado, declara que o projeto vem ocupando um espaço crescente em sua vida. “Principalmente, no quesito cognitivo sobre a escola literária do realismo e, em especial, o autor Machado de Assis”, afirma. 

“O objetivo geral é incentivar o interesse pela leitura e o entendimento das duas obras literárias”, complementa Lucas. “Eu já apresentei o projeto na Mostra Sesi do ano passado e apresentarei novamente este ano”, diz o estudante. A Mostra SESI Steam acontece entre 21 e 23 de outubro. 

O Lintec é uma iniciação científica júnior da Rede SESI, que funciona na Escola SESI Anísio Teixeira, em Vitória da Conquista, por iniciativa do professor Vilmar Rocha. “Ainda não se tinha, na Rede, nenhum grupo de pesquisa em linguagens. Quando a gente fala em pesquisa na educação básica, o pessoal pensa muito em química, física, laboratório”, diz Rocha. 

Ele explica que o objetivo do grupo é fazer pesquisa com sujeitos, nos moldes da linguística aplicada, usando a tecnologia. As linhas de pesquisa do grupo são plataforma adaptativa, literatura machadiana, plataforma em aplicação para pessoa com deficiência, ensino híbrido, processo de escolarização e influência dos responsáveis no processo de escolarização.