A+ A-

Notícias

quinta-feira, 2 de julho de 2020

SESI: Imunização contra a gripe na indústria tem aumento de 66% em relação a 2019

Mais de 50 mil trabalhadores da indústria foram imunizados pelo SESI este ano contra as gruipes sazonal e H1N1

shutterstock_1685855110.jpg

 

O Serviço Social da Indústria (SESI Bahia) imunizou 50 mil trabalhadores de 300 empresas industriais contra as gripes sazonal e H1N1, entre março e junho deste ano. A campanha de vacinação é oferecida anualmente pelo SESI às indústrias, como medida preventiva, mas este ano, ganhou maior relevância para evitar que os sintomas gripais fossem confundidos com os da Covid-19. Com isso, houve um incremento de 66% no número de trabalhadores e dependentes vacinados em relação a 2019, quando foram imunizadas 30 mil pessoas.

 

A vacinação faz parte das ações do SESI Bahia voltadas para a promoção da saúde no ambiente de trabalho e que foram reforçadas em 2020 no enfrentamento da pandemia do novo coronavírus. Além da vacinação, o SESI também está oferecendo às empresas a aplicação do teste rápido IgM/IgG e o exame RT-PCR para Covid-19.

 

Todas estas ações são realizadas dentro do Programa SESI e Indústria Juntos Contra a Covid-19, que já visitou 430 estabelecimentos industriais, entre fábricas, canteiros de obra e fazendas da agroindústria, levando orientação para os trabalhadores e as empresas manterem suas atividades.

 

O programa é voltado para as associadas aos sindicatos patronais da indústria, clientes do SESI Viva+ e à Associação dos Produtores de Algodão (Abapa) do Oeste Baiano. Presente em todo o estado, um dos destaques das iniciativas do SESI são as Blitze Contra a Covid-19, que incluem aplicação de checklist de boas práticas, orientação e plano de ação online, aferição de temperatura e orientação aos trabalhadores com entrega de material educativo e repasse de condutas e protocolos à empresa.

 

Nesta fase de retomada das atividades, a instituição também desenvolveu protocolos que incluem monitoramento e plano de retomada das atividades produtivas com vários serviços, a exemplo de um Tira Dúvidas, por teleatendimento, para empresas e trabalhadores, e um telemonitoramento. É nesta etapa que são também aplicados a testagem rápida IgM/IgG e o exame RT-PCR para Covid-19. Outros serviços são a Gestão de afastamentos, assessoria/reinspeção remota para acompanhar o plano de ação e orientar as práticas a serem implementadas pela empresa e telemedicina, prevista para ser iniciada a partir de agosto. Mais informações no SESI Saúde.