A+ A-

Notícias

quinta-feira, 14 de maio de 2020

Setor empresarial doa máscaras de proteção facial e cestas básicas

Diante da crise provocada pelo novo coronavírus, duas iniciativas do setor empresarial baiano tiveram como objetivo amenizar os impactos sociais da pandemia. As campanhas Bahia Contra a Covid-19 e Amigos da FIEB arrecadaram recursos e entregaram 2.400 máscaras de proteção facial e 630 cestas básicas para instituições e comunidades de Salvador.

hospital martagao gesteira.jpg

Hospital Martagão Gesteira foi uma das instituições beneficiadas pela campanha Bahia Contra a Covid-19. Foto: Divulgação.

As máscaras de proteção facial, nos tamanhos adulto e infantil, foram adquiridas com o recurso arrecadado pela campanha Bahia Contra a Covid-19, coordenada pelo Instituto Euvaldo Lodi (IEL-BA), em parceria com outras entidades do setor empresarial baiano. Realizada na plataforma de crowdfunding Bloxs, a campanha teve a participação de empresários, entidades empresariais e da sociedade baiana.

“Muitas instituições que trabalham com o público infantil ficaram fragilizadas com a crise provocada pelo novo coronavírus. Depois dos decretos que estabeleceram o uso obrigatório de máscaras, priorizamos estas instituições, que dependem de doações e não tinham capacidade financeira para adquirir esse material”, explica o superintendente do IEL-BA, Evandro Mazo.  

O material foi doado ao Hospital Martagão Gesteira e para as creches Lar Pérolas de Cristo, Mãe Nildete e Vó Flor, todas localizadas em Salvador, para proteção de crianças e adultos contra o coronavírus.

“Para nós é uma alegria receber doações que são resultado de uma grande mobilização de indústrias e empresários baianos, que assim como as instituições de saúde, estão vivenciando as duras consequências da pandemia, mas encontram coragem e solidariedade para se mobilizar em favor de quem muito precisa. O Martagão agradece o abraço à causa da criança neste momento difícil”, ressalta o gerente da Captação de Recursos do Martagão, Felipe Feitosa.

Referência em pediatria na Bahia, o Hospital Martagão Gesteira atende anualmente 80 mil crianças de todo o estado e também tem prestado atendimento a crianças com Covid-19. Diante da pandemia, foi lançada uma campanha para doações, com o tema “Quando falta você, falta tudo”.

Cestas básicas

Já a ação Amigos da FIEB, liderada pelo Centro das Indústrias do Estado da Bahia (CIEB), entregou 630 cestas básicas para instituições e comunidades da capital baiana. Cada cesta básica contou com 14 itens alimentícios, além de materiais de limpeza, como água sanitária e detergente.

“Percebemos que muitas instituições estão passando por dificuldade e pensamos em ajudar a atenuar um pouco o impacto desta crise.  Vários empresários se dispuseram a contribuir com a campanha, mesmo aqueles que já apoiam instituições de forma contínua”, comenta o vice-presidente do CIEB, Hilton Lima, que liderou da iniciativa.

creche mae nildete.jpg
Escola Creche Mãe Nildete, localizada no bairro de Coutos, recebeu máscaras e cestas básicas. Foto: Divulgação.

Uma das instituições beneficiadas foi a Creche Escola Mãe Nildete, que realiza atividades educativas, culturais e sociais para crianças e adolescentes do bairro de Coutos, em Salvador. Atualmente a creche atende 140 crianças, com idades entre zero a 5 anos, e cerca 60 adolescentes. “O nosso trabalho depende muito de voluntários e doações. Trabalhamos com pessoas que têm muita necessidade e estamos precisando de tudo: alimentos, máscaras, álcool gel”, conta a fundadora da creche, Nildete de Souza.

Além da Creche Escola Mãe Nildete, a campanha beneficiou o Centro Cultural Oficina Reciclável, a Creche Bezerra de Menezes, o Instituto de Esporte, Cidadania e Inclusão Social, o Movimento Mulheres do Subúrbio Ginga, além de famílias dos bairros de Capelinha de São Caetano e Bom Juá. A ação contou com o apoio do IEL-BA, que operacionalizou a arrecadação do recurso, além da aquisição e distribuição dos itens para doação.