A+ A-

Notícias

sexta-feira, 17 de janeiro de 2020

Déficit previdenciário restringe investimentos na Bahia

A Bahia deve apresentar déficit previdenciário de R$ 4,3 bilhões, referente ao ano de 2019, com previsão de ampliar esta cifra para R$ 4,8 bilhões em 2020. A título de comparação, o déficit de 2019 é quase 70% maior que o total de investimentos do estado em 2018.

Originalmente, de acordo com a SAEB, a PEC 158/2019  deveria gerar economia anual de R$ 800 milhões/ano aos cofres públicos, com as mudanças propostas pela PEC 159/2020, esse valor deve cair para cerca de 700 milhões de reais, de acordo com o líder do governo na Assembleia Legislativa, Deputado Rosemberg Pinto.

Desta forma, a Federação as Indústrias do Estado da Bahia considera que a proposta está correta e é necessária para ajustar o déficit previdenciário do estado, contribuindo com as contas públicas. Leia abaxo a nota técnica em que a FIEB explica seu posicionamento:

Nota Técnica - Previdência Bahia 2020 - PEC 159.pdf