A+ A-

Notícias

quarta-feira, 6 de novembro de 2019

IEL 50 ANOS: Desafios tecnológicos exigem inovação em gestão de carreiras e de empresas

Entidade Sistema Indústria na Bahia, IEL se reposiciona para atender às demandas do mercado e ajudar pessoas e empresas a se desenvolverem

 

O Instituto Euvaldo Lodi (IEL) está completando 50 anos de atuação na Bahia e face aos novos desafios trazidos pela tecnologia, a instituição está mudando seu reposicionamento estratégico, com foco em Gestão de Carreiras e Empresarial.

No processo de adaptação para prover soluções aderentes às transformações digitais do século 21, a estratégia tem sido se antecipar ao impacto da tecnologia na vida das pessoas e dos negócios.

No que diz respeito ás pessoas, a transformação digital impõe ao trabalhador competências que incluem a habilidade de liderar, se relacionar, desenvolver pensamento crítico para resolver problemas complexos, além de habilidades cognitivas, comportamentais e sociais.

Para as empresas, o desafio é encontrar novas formas de inovar nos seus processos de gestão e transformação de produtos, bem como identificar no mercado de trabalho novos perfis profissionais para compor suas equipes.

O superintendente do IEL Bahia, Evandro Mazo, explica que o mercado de trabalho está mudando rapidamente e novas competências são exigidas a cada dia em razão destas transformações. É para este cenário em que os processos produtivos serão cada vez mais automatizados e a combinação homem/máquina ganha relevância que o IEL está se preparando.

”Quanto mais as pessoas tiverem a capacidade de entender o seu papel de liderar o coletivo, para juntamente com as máquinas tornar as empresas mais competitivas, mais elas vão se destacar no mundo do trabalho”, explica Mazo.

Entidade que faz parte do Sistema Indústria na Bahia, o IEL quer ser reconhecido como uma instituição que ajuda as pessoas a transformarem suas vidas por meio da sua carreira e, no mundo dos negócios, por ser uma entidade que conecta empresas para que se desenvolvam.

 

GESTÃO DE CARREIRAS

Com foco nas perspectivas da tecnologia 4.0, o IEL que tradicionalmente atua com intermediação de talentos, está investindo em novas estratégias de atuação para ajudar as pessoas a desenvolverem habilidades comportamentais e sociais já que são elas que vão fazer diferença no mundo do trabalho do século 21.

O leque de soluções em Gestão de Carreiras contempla um ciclo estratégico que começa com a seleção e orientação de Jovens Aprendizes, passa pela intermediação de estágio para estudantes de graduação e tem continuidade com o estágio em nível de pós-graduação e a gestão de bolsas de inovação em projetos desenvolvidos em parceria com a indústria. 

“Este conjunto de soluções são complementares para ajudar o jovem a se inserir no mercado de trabalho e também traz soluções inovadoras para apoiar a gestão da inovação nas empresas”, explica Evandro Mazo.

Para atuar em gestão da inovação, o IEL Bahia se estruturou como uma Instituição de Ciência e Tecnologia (ICT) com foco em gestão. A proposta é tanto promover a gestão da inovação nas empresas com novas metodologias, técnicas e ferramentas como também promover a inserção de talentos nas empresas, utilizando processos diferenciados e mais alinhados às demandas contemporâneas na identificação de competências.

BOLSAS DE INOVAÇÃO

Uma tendência que o mercado vem sinalizando é a necessidade de as empresas de captarem novos talentos para desenvolver projetos de inovação em pesquisa e desenvolvimento (P&D).

Neste sentido, a entidade atua na captação de bolsistas para atuar em projetos de inovação em mais de 50 empresas na Bahia, com destaque para a Ford. “Ajudamos a empresa a transformar a pesquisa e desenvolvimento de produtos, conectando as empresas a centros de tecnologia, bem como apoiamos no processo de inserção do novo produto no mercado”, destaca Mazo.

NOVOS CANAIS E FERRAMENTAS

O IEL também está atento à mudança do perfil do jovem e para isso está modernizando os seus canais de comunicação. Uma das novidades é a atualização do portal do IEL, que ser relançado no mês de novembro, trazendo como novidade uma Plataforma e Gestão de Carreiras com mais conectividade e interação com seus públicos.

Entre as novas soluções que o IEL irá disponibilizar destaca-se o Mapeamento de Perfil Comportamental, que auxiliará o jovem a fazer o seu planejamento de vida e carreira.

O mapeamento comportamental mostra à pessoa quais são suas habilidades e como ela poderá atuar para planejar sua carreira, que cursos e competências terá que desenvolver, bem como o tipo de estágio e de inserção no mercado é melhor para ela naquele momento. “Queremos atuar como conector entre pessoas/empresas e entre empresas/empresas”, ressalta o superintendente do IEL Bahia.

 

TENDÊNCIAS

As pessoas que estão chegando ao mercado de trabalho não têm mais a intenção de fazer carreira numa única empresa. Elas querem ter experiências em diferentes profissões e em diferentes ambientes de trabalho. As empresas também, pela necessidade da inovação, vêm mudando cada vez mais alterando seu modelo de negócio e pode vir a precisar de outro perfil profissional no seu quadro. “O IEL pode ser um importante parceiro na identificação destes novos profissionais”, acrescenta Evandro Mazo.

É neste ambiente que o IEL identifica oportunidades de atuação, disponibilizando às pessoas e às empresas várias estratégias de inserção no mercado de trabalho que são desenvolvidas no formato de trilhas, tanto voltadas ao desenvolvimento de carreiras como empresarial.

Enquanto ICT, o IEL vem desenvolvendo novas metodologias para melhorar o processo de gestão da inovação e novas tecnologias para identificar e selecionar melhores talentos e desenvolvê-los, incluindo novas maneiras de fazer recrutamento e seleção. “As novas metodologias e técnicas visam ajudar as pessoas a se tornarem agentes de inovação”, explica o superintendente do IEL.