A+ A-

Notícias

quarta-feira, 9 de outubro de 2019

SENAI Bahia desenvolve curso para plataforma inovadora de aprendizagem

Conteúdo do Curso Técnico em Mecânica, elaborado pela Unidade de Inovação e Tecnologias Educacionais – ITED, será adotado pelo SENAI Nacional.

 Ao caminhar junto com o avanço das tecnologias também na área educacional, o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial passará a adotar uma plataforma on-line de ensino nos seus cursos profissionalizantes, que permite acompanhamento individualizado dos estudantes. O primeiro curso a ser oferecido de forma piloto por meio da ferramenta é o Curso Técnico em Mecânica, com conteúdo desenvolvido pelo ITED, do SENAI Bahia.

Com a plataforma é possível personalizar o material de estudo e as avaliações de cada aluno, de acordo com o seu desempenho. “Seremos a primeira instituição de educação profissional do país a utilizar uma plataforma de ensino adaptativa”, afirma a especialista em Educação Profissional do SENAI Nacional, Paula Martini.

A equipe do ITED, que funciona no SENAI Cetind Lauro de Freitas, preparou todo o material das 12 unidades curriculares do curso. Isto porque, há dois anos está empenhada em aprofundar o entendimento do estudo de plataformas on-line adaptativas e tem como principal linha de atuação implementar novas tecnologias educacionais nos cursos profissionalizantes da instituição. “É uma equipe muito motivada, que tem talentos muito variados, tanto no domínio de conteúdo, quanto na parte de design educacional”, ressalta Paula.

De acordo com o gerente do ITED, Ricardo Lima, a unidade atua continuamente no desenvolvimento de projetos educacionais inovadores, demandados pelas indústrias e pelo Departamento Nacional do SENAI. “Propomos as soluções com base em pesquisas científicas em várias áreas de conhecimento e em experiências anteriores”, explica.

Mas o que faz a diferença, o que gera a inovação, segundo Lima, é o fato de o ITED ter formado uma equipe de profissionais que possuem formações em áreas distintas (TI, Educação, Comunicação, Áudio visual, Gestão, entre outras), que trabalham de forma colaborativa na concepção e desenvolvimento de produtos inovadores. ”Valorizamos também um ambiente de trabalho mais interativo e informal, buscando estimular a criatividade”, revela.

Capacitação – Para treinar as equipes dos departamentos regionais do SENAI que irão testar o modelo, ainda em 2019 (Bahia, Rio Grande do Sul, São Paulo, Minas Gerais e Paraná), foi realizada, entre os dias 23 e 27 de setembro, no SENAI Lauro de Freitas, uma capacitação conduzida por representantes da  VitalSource, empresa norte-americana desenvolvedora da  plataforma Acrobatiq.