A+ A-

Notícias

terça-feira, 11 de junho de 2019

Projeto de estudantes do SENAI promove melhorias para microempresário

Ação é fruto do projeto Circuito SENAI, Indústria e Sociedade, que prevê soluções transformadoras com impacto na comunidade.

Aipim do Malhado.jpg

Microempresário de Lauro de Freitas tem quiosque revitalizado por alunos de cursos técnicos do SENAI. Foto: Divulgação. 

Vendendo tira-gostos com aipim há mais de dez anos no centro de Lauro de Freitas, Francisco Anunciação não imaginava ter seu quiosque revitalizado sem precisar gastar dinheiro. O “presente” veio por meio de estudantes do Curso Técnico de Química, do SENAI Cetind, que fica próximo ao negócio. Em parceria com empresários da indústria local, que doaram materiais e equipamentos, eles fizeram uma série de intervenções, transformando o estabelecimento.

“Eu não tinha dinheiro para fazer uma reforma, eles mudaram tudo para melhor. Ficou maravilha, maravilha”, conta entusiasmado o dono do Aipim do Malhado, repetindo o já conhecido bordão. O trabalho incluiu troca de revestimentos e fiação elétrica, nova iluminação e móveis para o quiosque, pintura, desenvolvimento de logo, cardápio e manual de boas práticas de produção e armazenamento dos alimentos, fardamento e qualificação para os dois funcionários.

A ação é uma das propostas do projeto Circuito SENAI, Indústria e Sociedade, cujo objetivo é, por meio do trabalho em equipe, desenvolver ou transformar um produto ou espaço da localidade onde a escola se insere, utilizando o know-how inovador da educação profissional e da indústria brasileira. “Docentes, colaboradores e alunos se envolveram e participaram de cada etapa”, conta a coordenadora de Núcleo de Educação Profissional do SENAI Lauro de Freitas, Eugênia Carneiro.  

Para uma das estudantes da equipe, Alice Silva, 17, um dos aspectos mais importantes do projeto foi a possibilidade de botar em prática o que eles aprendem em sala de aula.  “Tudo o que a gente já viu em Microbiologia e Logística, por exemplo, pudemos utilizar no desenvolvimento desta requalificação do Aipim do malhado.

Com simplicidade, funcionalidade e otimização de recursos, o projeto foi bem avaliado pelo SENAI Nacional, que criou o Circuito, e está entre os finalistas selecionados na Bahia para uma escolha dos melhores do país, que deve acontecer em Brasília, no mês de julho.