A+ A-

Notícias

sexta-feira, 6 de julho de 2018

Fórum marca evento de 40 anos do Polo Industrial de Camaçari

Fórum marcou a solenidade de 40 anos do Polo de Camaçari Foto: Carlos Casaes/Bapress
Foto: Carlos Casaes/Bapress
 
 
Manter-se competitivo nos dias atuais e nas próximas décadas é o principal desafio do Polo Industrial de Camaçari, que celebrou seus 40 anos de atividades. Para marcar a data, o Comitê de Fomento Industrial de Camaçari (Cofic) realizou nesta quinta-feira, 5.7, no Teatro da Cidade do Saber, em Camaçari, o fórum “Desafios Competitivos do Polo Industrial de Camaçari”, reunindo empresários, autoridades, instituições parceiras e imprensa. 
 
Na programação, destaque para as palestras “Desafios para a Competitividade da Indústria no Brasil”, com Flávio Castelo Branco, gerente executivo de Políticas Econômicas da Confederação Nacional da Indústria (CNI); e “Crescimento Sustentável no Cenário Econômico Brasileiro”, com Gustavo Loyola, ex-presidente do Banco Central.
 
A programação foi aberta às 8h30 com a participação do Cofic, Federação das Industriais do Estado da Bahia (Fieb), Associação Brasileira da Indústria Química (Abiquim), Prefeituras de Camaçari e Dias d’ Ávila e Governo da Bahia. 
 
O superintendente do Cofic, Mauro Pereira, contextualizou o momento atual do Polo de Camaçari, enquanto que o vice-presidente da Braskem, Marcelo Cerqueira, abordou as “Perspectivas do Segmento Petroquímico”, no Complexo Industrial. 
 
COMPETITIVIDADE
Na sequência, o diretor de Tecnologia e Inovação do Senai-Cimatec, Leone Peter Andrade, apresentou os dados preliminares do Estudo da Cadeia Petroquímica na Bahia, que está sendo realizado pela entidade. 
 
O estudo, que será concluído até o mês de agosto, se propõe a fazer um diagnóstico e elaborar uma agenda propositiva de ações estruturantes para alavancar a competitividade do Polo Industrial de Camaçari, com foco no setor químico-petroquímico. O estudo é patrocinado pelo Cofic e mais 20 empresas do Polo.
O vice-presidente do Centro das Indústrias do Estado da Bahia (CIEB), Hilton Lima, representou o presidente Ricardo Alban no evento, que contou ainda com a presença dos superintendentes do Instituto Euvaldo Lodi (IEL-BA), Evandro Mazo, e de Desenvolvimento Industrial da FIEB, Marcus Verhine e de presidentes de sindicato da Indústria, a exemplo de Roberto Fiamenghi, do Sindicato das Indústrias de Produtos Químicos para Fins Industriais, Petroquímicas e de Resinas Sintéticas de Camaçari (Sinpec).
 
O IEL Bahia desenvolve o Programa de Qualificação de Fornecedores (PQF), em Camaçari, que promove a qualificação de empresas para atuar como fornecedoras das empresas-âncoras do Polo de Camaçari.