A+ A-

Notícias

segunda-feira, 21 de agosto de 2017

Dia Nacional da Construção Social foi marcado por atividades no SESI Itapagipe

Carlos Henrique Passos, Armando Neto e José Ribeiro participaram do Dia Nacionald a Construção Social Foto: Sinduscon-Ba/Divulgação


 
“O maior patrimônio de uma empresa são as pessoas são elas que pensam, desenvolvem soluções e inovam. Por isso, nada mais justo do que elaborar ações voltadas para capacitação, valorização e qualidade de vida do trabalhador, e é isso que queremos proporcionar com o Dia Nacional da Construção Social (DNCS). Desde o início dessa empreitada, em 2007, o Sindicato da Indústria da Construção do Estado da Bahia (SINDUSCON-BA), vem atuando de forma conjunta para estruturar o evento comemorativo em Salvador. É fato que temos de comemorar o sucesso das dez edições anteriores e, certamente, o de hoje, que tem como tema  "Minhas Escolhas, Meu País" e visa resgatar valores que contribuam para a transformação do Brasil. O DNCS 2017 será um marco importante na história deste evento e deixará um legado e uma mensagem significativa para empresas e trabalhadores”, afirmou o presidente do Sinduscon-BA, Carlos Henrique Passos, em seu discurso, na abertura do Dia Nacional da Construção Social, realizado no sábado (19.8) no SESI Itapagipe, em Salvador.
 
O superintendente do SESI-BA, Armando Neto prestigiou o evento e destacou a parceria da entidade com o setor e como isso tem contribuído para a redução de acidentes. “Temos uma parceria com o Sinduscon-BA de muitos anos e esperamos que continue, pois estamos tendo resultados positivos. Recentemente, tivemos uma reunião em Brasília e pudemos observar que houve uma redução drástica no número de acidentes de trabalho no Brasil, e, na Bahia, esta redução foi ainda mais acentuada. Isso demonstra que nós estamos conseguindo alcançar nossos objetivos e esperamos que este número chegue a zero”.
 
Armando ainda apresentou os serviços oferecidos pelo SESI para os trabalhadores da indústria da construção civil e seus familiares. “O SESI disponibiliza cursos de capacitação profissional, treinamentos, educação para ensino médio, consultorias, além de educação, temos atendimento odontológico, saúde ocupacional e outros, tudo isso é gratuito e estão disponíveis em nossas unidades para vocês”.  
 
O presidente do Sintracom, José Ribeiro, também elogiou a ação e requisitou uma maior participação dos trabalhadores. “Nós temos que aderir a este projeto e cobrar mais dos nossos colaboradores, que participem deste evento que foi pensado e criado para vocês trabalhadores”.
 
O DNCS é promovido anualmente pela Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), por meio do seu Fórum de Ação Social e Cidadania (Fasc), e pelo SESI Nacional, com apoio do Seconci-Brasil. Em Salvador, o evento foi realizado pelo Sinduscon-BA e SESI-BA, com apoio da Gráfico Empreendimentos e dos sindicatos laborais, Sinditiccc e Sintracom.
 
Atividades Oferecidas
 
As entidades ofereceram inúmeros serviços gratuitos para os trabalhadores e seus familiares de: aferição de pressão ocular, orientação, aplicação de flúor e escovação, orientação nutricional, massoterapia, orientação sobre DST’s e aids, orientação sobre os programas do SESI, educação regular, laboratório móvel de ciências e o lego robótica, pintura facial para o público infantil, piscina, atração circense e oficina de papel, corte de cabelo, emissão de carteira de trabalho e oficina do senai de “conhecimentos básicos em hidráulica”. Além de degustação do Café Santa Clara e Refresco Frisco e distribuição de lanches.

Foram oferecidos vários serviços de saúde e lazer para os participantes Foto: Sinduscon-Ba/Divulgação


 
O ajudante de pedreiro, Alfredo Menezes, ressaltou que é a primeira vez que participa e garantiu que está muito feliz com a organização do evento. “Eu gostaria de agradecer o Sinduscon-BA e o SESI por oferecer ao trabalhador da indústria da construção civil serviços de saúde, lazer e cidadania. No nosso dia a dia não temos tempo para cuidar da saúde e este evento está nos dando esta oportunidade. Espero que continue”, disse.
 
Avania Muniz veio acompanhar o marido que trabalha na construção civil e também participou pela primeira vez do Dia Nacional da Construção Social. “Eu vim prestigiar este evento que valoriza os trabalhadores e seus familiares e pretendo voltar ano que vem. De todos os serviços oferecidos o que mais me chamou atenção foi o tapete da cidadania, porque nos ensina através do jogo, valores éticos e de gentileza que devemos aplicar no nosso dia a dia”, comunicou.
 
Fonte – Sinduscon-BA