A+ A-

Notícias

segunda-feira, 17 de julho de 2017

Tendências nos segmentos de saneantes e cosméticos são foco da ExpoTech

Com o objetivo de aproximar produtores e fornecedores de produtos de higiene e beleza, fomentando novos negócios e o networking, a FIEB sedia, nesta segunda e terça-feiras (17 e 18), a primeira edição da ExpoTech Saneantes & Cosméticos. O evento, que conta com a participação de empresários da Bahia e Sergipe, além de representantes das indústrias de São Paulo, Pernambuco e Ceará, é promovido pelos sindicatos das Indústrias de Sabões, Detergentes e Produtos de Limpeza em Geral e Velas no Estado da Bahia (Sindisabões – BA) e da Indústria de Cosméticos e Perfumaria do Estado da Bahia (Sindcosmetic-BA).

 

Na abertura da Expo, o presidente da FIEB, Ricardo Alban, elogiou a iniciativa dos sindicatos afirmando que “este é um excelente exemplo de como somar esforços para obtermos melhores resultados e proatividade”, disse. Alban ressaltou que este momento de crise pelo qual passa o país é também uma oportunidade para repensar modelos de negócios e toar novos fôlegos. 

Expo2.jpg

Na abertura do evento, da esq. para a dir., o presidente do Sindcosmetic-BA, Raul Menezes, o presidente da FIEB, Ricardo Alban, o presidente do Sindisabões – BA, Juan Lorenzo, e o diretor de atendimento do Sebrae, Franklin Santos. Fotos: Betto Jr./Coperphoto/Sistema FIEB. 

Empresas do segmento de cosméticos e perfumaria da Bahia e de Sergipe e também do segmento de sabões, velas, detergentes, produtos de limpeza e aditivo industrial dos dois estados estão participando do evento, conhecendo novas tecnologias, tendências de mercado e lançamentos. O presidente do Sindisabões, Juan Lorenzo, enfatizou a necessidade do fortalecimento dos dois segmentos, a fim de que estes possam buscar negócios fora do Nordeste. “Precisamos fortalecer a cadeia, indo além de uma atuação regional”, pontuou, reafirmando que a ExpoTech Saneantes & Cosméticos terá periodicidade anual. 

 

Já o presidente do Sindcosmetic-BA, Raul Menezes, lembrou que, mesmo em momentos difíceis, o Brasil não deixa de oferecer oportunidades, pois trata-se de um imenso mercado consumidor. “Produtos cosméticos são também de saúde, produtos de higiene também representam bem-estar, então sempre há mercado. O que precisamos é entregar produtos de qualidade”, afirmou.

 

Neste sentido, é fundamental apostar na inovação, apontou o diretor de atendimento do Sebrae, Franklin Santos. “Nos momentos de maior dificuldade é que o empresário precisa investir em inovação, em melhoria de produtos e processos. É preciso romper com o ciclo da desconfiança gerado pela crise”, acredita. 

 

Presente ao evento, o presidente da Associação Brasileira de Cosmetologia (ABC), João Hansen, falou sobre a iniciativa. "Todo evento que promove o desenvolvimento técnico do seguimento é importante, pois apoia ao desevolvimento local da indústria", elogiou.

 

Hansen anunciou a ABC vai realizar, pela primeira vez no Nordeste, o Congresso Latino Americano e Ibérico de Químicos Cosméticos (COLAMIQC). A 24ª edição do evento vai acontecer no SENAI Cimatec, em Salvador, de 15 a 19 de setembro de 2019. 

 

Bahia - A indústria baiana de cosméticos e saneantes ocupa a 7ª posição no ranking nacional e a 1ª colocação no Nordeste quanto ao número de empregos e à quantidade de empresas instaladas. São, ao todo, 179 indústrias de micro, pequeno e médio portes que, juntas, empregam 3.577 trabalhadores, de acordo com dados do Ministério do Trabalho e Emprego. Lauro de Freitas, Salvador, Simões Filho e Vitória da Conquista são os municípios com maior número de empresas dos dois segmentos.

 

A programação da ExpoTech Saneantes & Cosméticos engloba palestras técnicas, com foco em inovação, e encontros entre clientes e fornecedores em 30 mesas de negociação. O evento conta com apoio da Federação das Indústrias do Estado da Bahia (FIEB), do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e do Banco do Nordeste.