A+ A-

Notícias

sexta-feira, 7 de julho de 2017

Programa vai capacitar empresas fornecedoras da construção civil

Micro e pequenas empresas fornecedoras do segmento da construção civil serão capacitadas com o Projeto PROCOMPI Construção Civil, lançado nesta sexta-feira, 07.07, na sede do Sindicato da Indústria da Construção do Estado da Bahia (SINDUSCON-BA).
 

Projeto PROCOMPI Construção Civil foi apresentado a empresários do setor. Foto: Divulgação


O projeto faz parte do Programa de Apoio à Competitividade das Micro e Pequenas Indústrias (Procompi), uma parceria entre a Confederação Nacional da Indústria (CNI) e o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae Nacional) que busca proporcionar vantagens competitivas sustentáveis e maiores volumes de negócios entre as empresas participantes.

Na Bahia, o projeto será executado pelo Instituto Euvaldo Lodi (IEL-BA) e vai beneficiar 25 empresas de Salvador e Região Metropolitana prestadoras de serviço prioritariamente nas seguintes categorias: esquadrias, pintura, impermeabilização, instalações hidráulicas, assentamento cerâmico, gesso, telhado e refrigeração.

A gerente de Desenvolvimento Empresarial do IEL, Fabiana Carvalho, apresentou o projeto a empresários do setor. Durante 18 meses, as empresas participantes serão capacitadas para implantar boas práticas de gestão empresarial e tecnológicas com base no PBQP-H (Programa Brasileiro da Qualidade e Produtividade do Habitat), envolvendo treinamentos e consultorias. Além disso, serão promovidos encontros entre as MPEs do setor da construção civil com construtoras locais com o objetivo de ampliar a geração de negócios.

Na oportunidade, a superintendente do SINDUSCON-BA, Sandra Valente, ressaltou a importância de se capacitar fornecedoras para atender aos critérios de qualidade, imprescindíveis no setor da construção civil. “Precisamos desenvolver os nossos fornecedores oferecendo capacitação, qualificação e treinamentos. O PROCOMPI é mais uma oportunidade de atender às necessidades do setor da construção civil da melhor forma possível”, afirmou.

Além dos parceiros institucionais, o projeto conta com o investimento financeiro de construtoras a exemplo da Sertenge, Gráfico Empreendimentos e Santa Emília, que já confirmaram participação. Para as fornecedoras interessadas em participar, a contrapartida é de R$ 2.000 (por empresa).  Mais informações podem ser obtidas pelo e-mail procompi@fieb.org.br ou telefone 71 3343-1219.

 

* Com informações da assessoria do SINDUSCON-BA