A+ A-

Notícias

sexta-feira, 31 de março de 2017

Oficina orienta líderes sindicais sobre projetos para captar recursos

Apresentar ferramentas e estratégias para que os sindicatos possam buscar recursos na sociedade para melhorar seu desenvolvimento foi o objetivo da Oficina Projetos para Captação de Recursos.  Realizado na quinta-feira, 30.03, o evento reuniu líderes e executivos de sindicatos patronais, na sede da Federação das Indústrias do Estado da Bahia (FIEB).

O consultor da CNI, Michel Freller, ministrou a oficina. Foto: Angelo Pontes / Coperphoto / Sistema FIEB.

 

Aliando teoria e prática, a oficina abordou temas como captação de recursos e planejamento, principais fontes, estratégias para mobilização de recursos e editais. “Uma das principais estratégias que abordamos é a elaboração de projetos. Apresentamos aos participantes esta ferramenta, que auxilia os sindicatos a mobilizar e captar recursos para suas atividades e mostramos como ela também pode auxiliar na gestão das organizações”, explicou o consultor da CNI, Michel Freller.

Na abertura do encontro, o vice-presidente da FIEB e presidente do Sindicato da Indústria de Fiação e Tecelagem do Estado da Bahia (Sindifite-BA), Eduardo Catharino Gordilho, destacou a importância da iniciativa. “Essas ações são importantes para dar suporte ao desenvolvimento dos sindicatos e a CNI tem sido parceira para que isto aconteça”, pontuou, citando como exemplos os programas de Desenvolvimento Associativo e de Atuação Articulada.

Já a gerente de Relações Sindicais da FIEB, Manuela Martinez, lembrou aos participantes que a oficina, ministrada de forma piloto na Bahia, atende a uma demanda dos sindicatos, que demonstraram interesse no tema. A ação foi acompanhada pela especialista de política e indústria da Gerência Executiva de Desenvolvimento Associativo da CNI, Diana Neri.

Sobre o PDA

A Oficina Projetos para Captação de Recursos é a primeira ação voltada para líderes e executivos sindicais de 2017, no âmbito do Programa de Desenvolvimento Associativo (PDA). Coordenado pela CNI, o programa é executado na Bahia pela Gerência de Relações Sindicais da FIEB.

Entre as ações programadas para este ano estão 12 turmas de cursos para empresários, em Salvador e no interior; oficinas para líderes e executivos sindicais e um bate-papo sindical, ação que discute boas práticas das entidades. Serão realizados, ainda, 15 intercâmbios de lideranças, para troca de experiências de interesse setorial entre presidentes sindicais de todo o país. O programa também seguirá com apoio à implantação de sites e boletins eletrônicos, além da realização de planejamentos estratégicos dos sindicatos.