A+ A-

Notícias

quinta-feira, 7 de abril de 2016

Cônsules conhecem oportunidades de negócios na Bahia

Em reunião extraordinária conjunta dos Conselhos de Comércio Exterior (Comex) e de Micro e Pequenas Empresas (Compem) da FIEB, representantes de 12 consulados instalados na Bahia aceitaram o convite para iniciar visitas às regiões do estado com melhor potencial para negócios e investimentos. O objetivo do encontro, realizado nesta terça-feira (05), na Federação, foi aproximar relações bilaterais e estimular a cooperação comercial. O evento contou com o apoio da Associação Comercial da Bahia. 
 
Para a consulesa da Grécia e Decana do Corpo Consular na Bahia, Miriam Souza, é difícil reunir tantos cônsules num mesmo encontro. “Conhecendo-nos melhor e tendo mais aproximação, se estabelece o elemento de confiança para que a gente possa avançar em intercâmbios culturais e negócios”, disse. 
 
Representantes do Corpo Consular da Bahia participaram do evento. Fotos: Valter
 
“O encontro é oportuno para atrairmos investimentos, sobretudo para o interior do estado, onde é preciso fomentar polos de desenvolvimento regional”, salientou o vice-presidente da FIEB e coordenador do Compem, Carlos Henrique Gantois, que lembrou ainda da necessidade da cooperação beneficiar especialmente as empresas de pequeno porte. 
 
“Os 34 consulados que nos temos instalados na Bahia representam, sem dúvida nenhuma, uma força, um canal importante para intensificação, aproximação destas relações: comerciais, culturais, de troca de tecnologia e de atração de investimentos daqui pra lá e de lá pra cá”, declarou, na oportunidade, presidente da Comissão de Comércio Exterior da Associação Comercial da Bahia e Cônsul Honorário da Finlândia, Wilson Andrade. 
 
Na reunião, dividida nos painéis Cenário e Perspectivas para o Comércio Exterior, Cadeias Produtivas do Agronegócio e Programa de Incentivo e Apoio a Negócios Bilaterais e Investimentos, os cônsules foram apresentados às áreas de maior potencial econômico do estado, como o segmento da fruticultura, no Vale do São Francisco, além de programas de apoio e incentivo às empresas.
 
O coordenador do Comex, Angelo Calmon de Sá Junior, falou sobre as ações do Sistema FIEB no sentido de apoiar as empresas industriais, tanto na capacitação de mão de obra quanto no desenvolvimento de projetos e de pesquisa aplicada para o setor. “Temos à disposição uma estrutura de ponta, que é o SENAI Cimatec, capaz de dar suporte tecnológico e atender as demandas da indústria para empresas de todos os portes”, explicou. 
 
Os representantes consulares, portanto, foram convidados a conhecer o Cimatec e a participar de excursões rumo a eventos importantes realizados em regiões como a do oeste baiano, extremo sul da Bahia, entre outras.
 
Com informações da Tribuna da Bahia.